Filme: A Fera




Título Original: Beastly.
Gênero: Romance, Drama, Fantasia.
Duração: 86 min.
Ano: 2011.
Sinopse: A Fera é uma adaptação moderna do conto de fadas A Bela e a Fera. A arrogância de Kyle Kingson (Alex Pettyfer), um jovem bonito, rico e inteligente, faz com que ele seja amaldiçoado pela colega de classe Kendra (Mary-Kate Olsen) após humilhá-la na frente de toda a escola. Transformado numa aberração e rejeitado pelos pais, Kyle é exilado no Brooklyn.
Lá descobre que só terá sua beleza de volta quando alguém amá-lo verdadeiramente, provando que nenhum amor pode ser feio.
/ Perfil no Filmow. / Assista Online /











Eu amo os filmes da Disney e imagino que compartilho deste gosto com grande parte da população mundial, não? Assim sendo, sempre que tomo conhecomento de que estão produzindo uma nova versão baseada em um dos clássicos fico bastante curiosa para conferir o resultado. O escolhido da vez foi esta história inspirada no clássico "A Bela e a Fera", um dos filmes que não eram os mais assistidos por mim na infância, mas com cuja história sou familiarizada.



Nesta nova versão do clássico, o jovem Kyle acha que o mundo gira em torno das pessoas bonitas. Em particular dele próprio. E não pensa duas vezes antes de usar sua beleza para alcançar seus objetivos. Parece que apendeu com o pai que, aliás, é um homem muito ocupado pra lhe dar atenção. Principalmente quando o jovem mais precisa dele por perto.

Acontece que tem uma bruxa por perto que não concorda nem um pouco com este pensamento de Kyle. E que ainda por cima é feia. Porém, lá do alto de sua prepotência, o rapaz não faz a mínima questão de temer o que Kendra é capaz de lhe fazer. Até que ela fez!

A bruxa lhe deu cicatrizes e tatuagens por todo o corpo. Kyle perdeu sua beleza. Só no filme, porque a aparência do rapaz enquanto "fera" no mundo real, é bastante normal, e está ficando cada vez mais comum se formos falar do estilo punk que tatuam seus corpos completamente em alguns casos. Depois que me acostumei com a fera até achei um tanto que feia a aparência normal do moço.

"- E a lição de não se importar pra como se parece?
- Isso não é sobre como as outras pessoas olham pra mim.
É sobre como eu mesmo me olho."

O filme trouxe o máximo de características do clássico. Como a fera (claro), a bela, o pai da bela, uma bruxa, um feitiço, um tempo para o feitiço ser desfeito. Também tem rosas/flores, mas aparecem de uma maneira diferenciada nesta adaptação. Gostei do filme e achei a história em si bem legal, mas tenho que reconhecer que alguns pontos ficaram meio sem fazer tanto sentido quando poderiam ser melhor explorados para enriquecer mais o filme.

"Seja apenas o que pode ser."

A citação acima é um conselho que a fera recebe. Ele quer agradar a bela para que goste dele e ele tenha de volta sua beleza, mas em vez de lhe dizer coisas que poderiam agradar a moça, a pessoa a quem ele pediu conselho lhe diz que ele deve ser apenas ele mesmo, como ele pode ser. Sem querer parecer ser aquilo que ele não é apenas para conseguir agradá-la.



Antes de assistir me certifiquei de que o filme não era de terror. Imaginei que pudesse ser devido ao poster do filme, meio sombrio. rs Não sou muito chegada a filmes de terror hoje eu dia. Eu assisti o filme online. Por isso acabei assistindo ele dublado, o que foi meio deprimente, ouvir algumas vozes meio (totalmente) diferentes dos atores que eu já conheço a voz original. Também achei em um blog a trilha sonora. Acabei não prestando muita atenção nela durante o filme e isso é bem incomum. Mas ouvindo depois imagino que não chamou muito minha tenção porque são músicas no geral bem calmas.

Agora voltando as tatuagens (deixa eu fugir um pouco do filme?)... Uma delas é uma tatuagem dinâmica ("animada") e, vendo essa tatuagem, não pude deixar de lembrar da série de livros que eu li no fim do ano passado, "Feios". No livro três dessa série alguns personagens tem esse tipo de tatuagem e, como quando eu li desejei muito que tivesse filme da história, vendo essa tatoo na fera senti uma pontinha de esperança de que possa acontecer. Porque eu achava os livros um pouco difíceis de se tornarem filmes. Mas acho que hoje em dia tudo é possível no cinema, né? rs.

Acho que é isso! Espero que vocês gostem se foram assistir.
Fiquem com o trailer... até mais! Beijos!


5 comentários

  1. Já assisti este filme, mexeu bastante comigo, me deixou uma sensação ruim, não sei dizer porque. Mas no geral achei bem bom.

    nossoespacobf.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Nunca assisti, parece ser bom
    Adorei seu lay, uma graça tanto quanto o blog *-*
    Beijos
    http://teenworld23.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Já vi o filme e sou apaixonada por ele!! bjss
    http://mufevblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. lol não assisti esse filme ainda *.* preciso assisti-lo pois assim como vc sou apaixonada pela Disney :D

    Abraços;
    Desconstruindo Amélias

    ResponderExcluir
  5. Estou louca para ver desde que conheci mas ainda não consegui parar. É muito complicado para mim ver filmes em casa, eu vejo muito no cinema mesmo porque é mais fácil para mim sair de casa para ver do que ficar em casa parada vendo filme. Sou muito agitada para isso e não consigo ver filme em casa sem estar lendo um livrinho ou alguma coisa assim.

    Enfim, tem tempo que eu não venho aqui mas mesmo assim queria te convidar para fazer uma tag que eu criei com o Rainha dos Livros. O nome é Casais Literários. Dá uma olhada: http://www.youtube.com/watch?v=qHhbbL1daW4

    Beijos.

    http://maravilhosasdescobertas.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo(a)!
Estou muito feliz com sua visita.
Ficarei ainda mais feliz com seu comentário.
Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa conhecer também, ok?
Mil beijos e volte sempre! :*

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...